sexta-feira, 20 de abril de 2018

Polícia de SP prende sete em operação e apreende 213 kg de cocaína

Houve troca de tiros

© Pixabay
Sete pessoas, entre 30 e 53 anos, foram presas nesta quarta-feira, no Guarujá (86 km de SP), por tráfico de drogas.

STJ manda denúncia contra Marconi Perillo para a primeira instância

Ex-governador de Goiás deixou o cargo para disputar as próximas eleições e é acusado de corrupção passiva

© Divulgação
O vice-presidente do Superior Tribunal de Justiça (STJ), ministro Humberto Martins, decidiu nessa quinta-feira (19), encaminhar à primeira instância de Goiânia uma denúncia apresentada pelo Ministério Público Federal contra o ex-governador de Goiás Marconi Perillo (PSDB) por corrupção passiva.

Marina se defende de apoio a Aécio em 2014 e apoia fim do foro

Senador mineiro é réu em processos por corrupção passiva e obstrução da Justiça no Supremo Tribunal Federal

© Stringer . / Reuters
Em sua segunda viagem à capital mineira em menos de 10 dias, a pré-candidata da Rede Sustentabilidade ao Palácio do Planalto, Marina Silva, se defendeu nesta quinta-feira, 19, do apoio que deu ao senador Aécio Neves (PSDB-MG), no segundo turno das eleições para o governo federal em 2014.

Joesley diz que pagou mesada de R$ 50 mil para Aécio por dois anos

Dono da JBS apresentou 16 notas fiscais emitidas entre 2015 e 2017 pela Rádio Arco Íris, afiliada da Jovem Pan em Belo Horizonte

© Marcos Oliveira/Agência Senado
Em declaração à Procuradoria-Geral da República, o empresário Joesley Batista que pagou R$ 50 mil por mês a Aécio Neves (PSDB-MG), ao longo de dois anos. Os repasses foram feitos por meio de uma rádio da qual o senador era sócio. Segundo Joesley, o tucano solicitou os pagamentos durante um encontro no Rio e teria dito que usaria o dinheiro para "custeio mensal de suas despesas".

Lula recebe visita de parentes, mas Nobel e teólogo são barrados

Familiares conseguiram ver o petista na manhã desta quinta-feira, mas Adolfo Pérez e Leonardo Boff foram impedidos de ver o ex-presidente

© Reprodução / Mídia Ninja
O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) voltou a receber a visita de parentes na manhã desta quinta (19) na sede da Polícia Federal em Curitiba, onde está preso desde o dia 7.

Moro deve voltar a pedir prisão de Dirceu após decisão do TRF-4

Tribunal manteve condenação de 30 anos e 9 meses na cadeia pelos crimes de corrupção, lavagem de dinheiro e associação criminosa

© Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil
O TRF-4 (Tribunal Regional Federal da 4ª Região) manteve nesta quinta-feira (19) a condenação do ex-ministro José Dirceu a 30 anos e 9 meses de prisão. Os juízes também determinaram a execução provisória da pena com o esgotamento do processo na segunda instância. A corte julgou os embargos infringentes interpostos pela defesa.

Fachin libera denúncia contra Geddel para análise da 2ª Turma do STF

Ex-ministro, seu irmão, Lúcio Vieira Lima, e mais quatro pessoas são acusados pelos crimes de lavagem de dinheiro e associação criminosa

© Ueslei Marcelino / Reuters
O ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal (STF), liberou para análise da Segunda Turma da Corte o julgamento do recebimento ou não da denúncia apresentada pela Procuradoria-Geral da República (PGR) contra o ex-ministro Geddel Vieira Lima, seu irmão, o deputado federal Lúcio Vieira Lima (MDB-BA), e outras quatro pessoas. Os seis são acusados pelos crimes de lavagem de dinheiro e associação criminosa, no caso em que foram encontrados R$ 51 milhões em um apartamento em Salvador (BA). A data, no entanto, ainda será definida. Fachin, que preside a Segunda Turma, é o relator do caso.

Temer destrava privatização da Eletrobras com decreto

O decreto serve para incluir a estatal de energia no PND (Programa Nacional de Desestatização)

© Ueslei Marcelino / Reuters

O presidente Michel Temer assinou nesta quinta-feira (19) um decreto que autoriza a realização de estudos para a privatização da Eletrobras.

Sérgio Cabral vira réu pela 23ª vez na Lava Jato

Ele e mais 19 pessoas são acusados, pelo Ministério Público Federal, de corrupção ativa, passiva, lavagem de dinheiro e organização criminosa, por fraudes em contratos da Secretaria de Administração Penitenciária do Rio

© Getty Images / Ian Walton

A Justiça Federal do Rio aceitou mais uma denúncia contra o ex-governador do Estado Sérgio Cabral, nesta sexta-feira (20). Ele e mais 19 pessoas são acusados, pelo Ministério Público Federal (MPF), de corrupção ativa, passiva, lavagem de dinheiro e organização criminosa.

quinta-feira, 19 de abril de 2018

STJ envia recurso de Lula ao Supremo

Pedido foi negado por unanimidade pela Quinta Turma do STJ em 6 de março

© Reuters
O vice-presidente do Superior Tribunal de Justiça (STJ), ministro Humberto Martins, encaminhou para análise do Supremo Tribunal Federal (STF) um recurso da defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva contra uma decisão do STJ que negou em março habeas corpus ao petista.

Marco Aurélio manda nova ação sobre 2ª instância a plenário do STF

O processo foi aberto na quarta-feira (18) pelo PCdoB

© Ueslei Marcelino / Reuters

O ministro Marco Aurélio Mello, do STF (Supremo Tribunal Federal), enviou nesta quinta-feira (19) para julgamento no plenário da Corte uma nova ação declaratória de constitucionalidade (ADC) contra a prisão após a condenação em segunda instância. O processo foi aberto na quarta-feira (18) pelo PCdoB. As informações são da Agência Brasil.

Fachin decide que Maluf pode continuar em prisão domiciliar

Em razão do quadro grave de saúde em que se encontra o deputado afastado, Fachin comunicou que efetivamente seria concedida a prisão domiciliar

© Ueslei Marcelino/Reuters 

O Supremo Tribunal Federal (STF), através da decisão ro relator Edson Fachin, concedeu nesta quinta-feira (19) prisão domiciliar ao deputado federal Paulo Maluf (PP-SP) por razões de saúde.

Supremo nega novo recurso a Maluf e mantém execução de pena

Deputado afastado foi condenado por lavagem de dinheiro e cumpre a sentença desde dezembro; atualmente, ele está internado no Hospital Sírio-Libanês, onde faz tratamento contra o câncer

© Adriano Machado / Reuters
Por 6 votos a 5, o STF (Supremo Tribunal Federal) negou nesta quinta (19) um recurso da defesa do deputado afastado e ex-prefeito Paulo Maluf (PP-SP). Na prática, a maioria entendeu que o processo contra Maluf se encerrou (não cabem novos embargos) e a pena deve ser cumprida, como já havia determinado o ministro relator, Edson Fachin.

Empresário diz à PF que coronel Lima arrecadava dinheiro para Temer

Gonçalo Torrealba é proprietário do Grupo Libra, que atua no porto de Santos

© Reuters
Em depoimento à Polícia Federal no início de abril, após a deflagração da Operação Skala, o empresário Gonçalo Torrealba, proprietário do Grupo Libra, afirmou que o coronel aposentado da Polícia Militar João Baptista Lima Filho arrecadava dinheiro para campanhas eleitorais do presidente Michel Temer, de quem é amigo de longa data.

PSOL pede na Justiça anulação de posse de Moreira Franco em ministério

Para o partido, nomeação dele representa blindagem ao político, que é amigo de Michel Temer e alvo de investigações

© Antonio Cruz/Agência Brasil

A bancada do PSOL na Câmara protocolou, na noite dessa quarta-feira (18), na Justiça Federal, em Brasília, ação popular exigindo a anulação da nomeação de Moreira Franco para o Ministério de Minas e Energia. Para o PSOL, a nomeação representa uma blindagem ao político amigo de Michel Temer citado em delações da JBS.

TRF-4 nega recurso e mantém pena de Dirceu em mais de 30 anos

Defesa do ex-ministro havia interposto embargos infringentes; ele é acusado de corrupção, lavagem de dinheiro e associação criminosa

© Rodolfo Buhrer / Reuters

O Tribunal Regional Federal da 4ª Região negou, por unanimidade, nesta quinta-feira (19), os embargos interpostos pela defesa do ex-ministro José Dirceu. Ele teve a condenação confirmada pelo tribunal, em setembro do ano passado, quando sua pena foi elevada para 30 anos e 9 meses de prisão, pelos crimes de corrupção, lavagem de dinheiro e associação criminosa.

Gilmar prorroga inquérito que apura se Aécio manipulou dados

Em delação, Delcídio Amaral disse à Polícia Federal que o senador mineiro atou para maquiar contas durante a CPI Mista dos Correios

© Ueslei Marcelino / Reuters

O ministro do Supremo Tribunal Federal, Gilmar Mendes prorrogou por 60 dias as investigações no inquérito que apura se Aécio Neves manipulou informações prestadas pelo Banco Rural à CPMI dos Correios.