Publicidade

Postagem em destaque

Relatório de CPI do Senado diz que Previdência Social não tem déficit

No documento, o relator destaca que, "antes de falar em déficit, é preciso corrigir distorções" © Divulgação O relator da C...

sexta-feira, 19 de maio de 2017

Integrante de facção é baleado e dirige carro até unidade de saúde

Maurício Gomes da Silva, do Comando Bala Voa, não resistiu aos ferimentos

© Reprodução
Mesmo tendo sido alvo de vários tiros, um jovem de 22 anos conseguiu dirigir o próprio carro até a unidade de saúde mais próxima, em Luís Eduardo Magalhães, no interior da Bahia. Ao chegar ao local, Maurício Gomes da Silva, que era estudante de Direito e integrante de facção criminosa, faleceu. O caso, que ocorreu na noite desta quarta-feira (17), está sendo investigado pela polícia. Responsável pelo inquérito, o delegado Joaquim Rodrigues informou, nesta quinta-feira (18), que Silva tinha uma extensa ficha na polícia.


"Ele já foi preso em Salvador, e é suspeito de tráfico de drogas, de ser mandante de alguns crimes e de oito homicídios", contou. O estudante seria apontado, por exemplo, como assassino de Murilo Xavier Reis, de 21 anos, no bairro de Santa Cruz, em abril de 2016. "Maurício era integrante do Comando Bala Voa (CBV) e, quando essas facções são rivais, eliminam mesmo uns aos outros", contou.
O delegado declarou ainda que não descarta a possibilidade de o crime ter sido motivado por vingança. "Estas vítimas têm parentes... é lamentável, mas isto tudo será investigado". A polícia informou ainda que o carro de Maurício da Silva foi apreendido - ele apresenta marcada de uma colisão, que teria ocorrido dentro da Unidade de Pronto-Atendimento (UPA), além de marcas de tiro no lado da porta do motorista.
Via...Notícias ao Minuto

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários não representam a opinião deste blog.

Muito obrigado. Infonavweb