Publicidade

segunda-feira, 19 de junho de 2017

Após discussão, tenente é suspeito de matar namorada em Teresina

Mãe da vítima afirmou que a filha namorava com o suspeito há apenas uma semana

© Reprodução
Uma mulher foi morta e outras duas ficaram feridas em Santa Izabel, Zona Leste de Teresina. O suspeito, que foi preso na madrugada desta segunda-feira (19), é o tenente do Exército Brasileiro José Ricardo da Silva Neto, namorado da vítima há apenas uma semana.

De acordo com informações do G1, o tenente das Rondas Ostensivas de Natureza Especial (Rone), Rafael Nepomuceno, informou que o casal iniciou uma discussão m um bar da Zona Leste da cidade e que o homem estaria embriagado. A mãe de Iarla Lima Barbosa contou que semana passado José havia pedido a mãe da filha em namoro.
“Semana passada ela chegou lá em casa falando para mim que este rapaz estava pedindo ela em namoro. Eu falei com ela porque já tinha sido casada, mas ela disse que ele era gente boa, que sempre via ele na faculdade, disse o curso que ele fazia e que ele tinha pedido ela em namoro. Ele chegou em casa levando flores para ela”, desabafou a mãe da vítima.
As outras duas mulheres que ficaram feridas, irmã e amiga de de Iarla, foram encaminhadas para o hospital após levarem tiros de raspão na cabeça e no braço. “Foi sair com ele e isso aconteceu. Minha filha não ia para o passeio, mas a irmã dela disse que ia com eles, então decidiram sair levando uma amiga junto", afirmou.
Ainda de acordo com reportagem, o último contato com a filha foi por volta das 23h20 do domingo. “Após eles terem participando de uma festa, o militar efetuou os disparos contra a vítima e contra as duas mulheres, elas saíram correndo. Ele pegou o carro com o corpo e foi para apartamento. Subiu para seu apartamento e deixou o corpo dentro do carro”, afirmou o delegado Francisco Costa, o Barêta, coordenador da Delagacia de Homicídios.
Via...Notícias ao Minuto

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários não representam a opinião deste blog.
Solicitamos não incluir hiperligações (links) ou qualquer código HTML;
comentários racistas, xenófobos, sexistas, obscenos, homofóbicos.
Muito obrigado. Infonavweb