Publicidade

terça-feira, 20 de junho de 2017

Irmã e primo de Aécio Neves vão para prisão domiciliar

Decisão foi tomada pelos ministros da Primeira Turma do STF

© Ricardo Moraes / Reuters
A irmã do senador Aécio Neves (PSDB-MG), Andrea Neves, e o primo do tucano, Frederico Pacheco de Medeiros, tiveram suas prisões preventivas convertidas em prisões domiciliares, pelos ministros da Primeira Turma do Supremo Tribunal Federal (STF), nesta terça-feira (20).

Formam a Primeira Turma os ministros Marco Aurélio, Luiz Fux, Rosa Weber, Luís Roberto Barroso e Alexandre de Moraes. 
No entanto, ainda de acordo com a decisão, Andrea e Frederico deverão ser monitorados por tornozeleiras eletrônicas e entregar seus passaportes à Justiça. As informações são da revista Veja.
Mais cedo, os ministros já haviam tomado a mesma decisão sobre a prisão do ex-assessor do senador Zezé Perrella (PMDB-MG) Mendherson Souza Lima.
Todos foram presos no dia 18 de maio, durante a Operação Patmos, um desdobramento da Lava Jato que investiga suposta propina de R$ 2 milhões da empresa JBS, dos irmãos Joesley e Wesley Batista, para o senador Aécio Neves.
Via...Notícias ao Minuto

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários não representam a opinião deste blog.
Solicitamos não incluir hiperligações (links) ou qualquer código HTML;
comentários racistas, xenófobos, sexistas, obscenos, homofóbicos.
Muito obrigado. Infonavweb