Publicidade

terça-feira, 20 de junho de 2017

Lula: 'espero que Moro anuncie minha inocência'

A partir de quarta-feira (21) o juiz federal Sérgio Moro deve proferir a sentença condenando ou absolvendo Lula

© Reuters
Durante entrevista à rádio Tupi, do Rio de Janeiro, nesta terça-feira (20), o ex-presidente Lula comentou sobre a possível sentença do processo em que é acusado de ter recebido propina por conta de três contratos entre a empreiteira OAS e a Petrobras, que inclui o tríplex no Guarujá. A partir de quarta-feira (21) o juiz federal Sergio Moro deve proferir a sentença condenando ou absovendo Lula.

"Já provei a minha inocência, quero que eles agora provem a minha culpa", declarou Lula sobre a expectativa pela decisão do magistrado.
"Não acredito, porque espero que para ser preso no Brasil e em qualquer país do mundo a pessoa deva ter cometido crime, delito, alguma coisa errada. No meu caso, eu até pedi outro dia que os procuradores da Lava Jato que cuidam das denúncias contra mim sejam exonerados, porque inventaram uma grande mentira, junto dos meios de comunicação, sobretudo a Globo, e agora se enrolaram na mentira. É uma piada e não uma acusação. Estamos dando entrada hoje com a nossa defesa. Espero que o juiz Moro leia hoje os autos do processo. Eu já provei minha inocência, quero que eles provem minha culpa", disse Lula.
Além de Lula, também são réus:
Léo Pinheiro (OAS): lavagem de capitais, corrupção ativa
Agenor Franklin Magalhães Medeiros (OAS): corrupção ativa
Fabio Yonamine (OAS): lavagem de capitais
Paulo Gordilho (OAS): lavagem de capitais
Roberto Ferreira (OAS): lavagem de capitais
Paulo Okamotto (Instituto Lula): lavagem de capitais 
Via...Notícias ao Minuto

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários não representam a opinião deste blog.
Solicitamos não incluir hiperligações (links) ou qualquer código HTML;
comentários racistas, xenófobos, sexistas, obscenos, homofóbicos.
Muito obrigado. Infonavweb