Publicidade

quinta-feira, 29 de junho de 2017

Mulher dopa grávida de oito meses, faz parto forçado e mata vítima

A vítima, identificada como Naiara Silva Costa, 22 anos, foi atraída pela suspeita com a promessa de que receberia roupas e um berço para a criança

© Reprodução/TV Anhanguera
A esteticista Suelen Coimbra do Carmo, 27 anos, que matou uma mulher grávida de oito meses para roubar o filho da vítima, confessou à polícia, nesta quinta-feira (29), que dopou a gestante antes de fazer um parto forçado, em Nerópolis, na Região Metropolitana do Goiânia. O bebê não resistiu e morreu. O crime aconteceu na última segunda-feira (26).

A vítima, identificada como Naiara Silva Costa, 22 anos, foi atraída pela suspeita com a promessa de que receberia roupas e um berço para a criança. “Ela estava buscando pessoas grávidas, ela queria um bebê a qualquer custo. A Naiara foi uma vítima em potencial, uma pessoa frágil que ela conseguiu seduzir”, afirmou a delegada responsável pelo caso, Azuen Magda Carvalho.
De acordo com informações do G1, a grávida foi achada morta e enterrada no quintal da esteticista no dia seguinte do crime, graças à denúncia de um vizinha de Suelen. O bebê, relatou a reportagem, foi encontrado em panos dentro de uma bacia sobre uma cama da casa da suspeita.
Investigação
A polícia investiga se houve a participação de uma segunda pessoa. Conforme a perícia, acrescentou a delegada, o corte na barriga foi feito com bisturi e de forma precisa. “Nós trabalhamos com a possibilidade de a autora ter recebido ajuda de outra pessoa por causa do corte, do estrangulamento e até porque não há marcas de que o corpo tenha sido arrastado e é difícil que ela tenha conseguido carregar a vítima sozinha até o quintal”, pontuou.
Via...Notícias ao Minuto

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários não representam a opinião deste blog.
Solicitamos não incluir hiperligações (links) ou qualquer código HTML;
comentários racistas, xenófobos, sexistas, obscenos, homofóbicos.
Muito obrigado. Infonavweb