Publicidade

Postagem em destaque

Novos vídeos agravam situação de Temer em meio à votação de denúncia

Esta semana será decisiva para o presidente, acusado pela Procuradoria-Geral da República de organização criminosa e obstrução de justiça ...

quinta-feira, 29 de junho de 2017

Nova geração alemã goleia e vai à final da Copa das Confederações

Na decisão do próximo domingo (2), às 15h, em São Petersburgo, os alemães enfrentarão o Chile

© REUTERS / Kai Pfaffenbach
A Alemanha precisou de menos de dez minutos no primeiro tempo para encaminhar a sua classificação para a final da Copa das Confederações. Dois gols rápidos de Leon Goretzka, aos 6 e 8min, abriram o caminho para a vitória por 4 a 1 sobre o México nesta quinta-feira (29), em Sochi (Rússia).Timo Werner e Younes foram os autores dos outros gols. Marco Fabián descontou para os mexicanos.

O goleiro Ter Stegen também teve boa atuação com intervenções importantes em chutes dos rivais.
Foram oito bolas em direção à sua meta.
Na decisão do próximo domingo (2), às 15h, em São Petersburgo, os alemães enfrentarão o Chile. As duas seleções buscam o primeiro troféu da competição.Na fase de grupos as equipes se enfrentaram em Kazan em duelo que terminou empatado em 1 a 1.
A Alemanha disputa a competição com uma equipe B e conta com apenas três atletas que foram campeões mundiais no Brasil, em 2014. O objetivo é dar rodagem e experiência a atletas jovens. Autores dos gols, Goretzka tem 22 anos Werner, 21, e Younes, 23, por exemplo.
O Chile por outro, lado tem força máxima na Rússia. O time é praticamente o mesmo que conquistou os títulos da Copa América em 2015 e 2016.Ao México, restará enfrentar Portugal na disputa pelo terceiro lugar em jogo que acontece em Moscou, às 9h de domingo. Na primeira fase, ficaram no empate em 2 a 2.
A Alemanha entrou no jogo bem acesa e marcando em cima, o que complicava a saída de bola mexicana.
A pressão surtiu efeito logo aos seis minutos e, após ápida troca de passes, Goretzka recebeu na entrada da área e acertou um belo chute no canto direito de Ochoa, que se esticou todo mas não alcançou a bola.
Na chegada seguinte, aos oito minutos, outro gol da Alemanha. Goretzka recebeu um bela enfiada de bola e cara a cara com o goleiro só teve o trabalho de deslocá-lo.
Aos 18, quase saiu o terceiro. Em jogada bem parecida com a do segundo gol, Werner parou em Ochoa.Depois deste susto, o México começou a melhorar e chegar mais ao ataque. Entre os 33 e 35 minutos, perdeu duas chances claras de gol. Na primeira Giovanni dos Santos invadiu a área e bateu cruzado, mas Ter Stegen salvou com o pé. Na segunda, Chicharito Hernández ficou na cara do goleiro mas exagerou na força ao finalizar e jogou por cima do travessão.
No segundo tempo, a Alemanha passou a abusar dos contra-ataques e aos sete minutos quase fez o terceiro mas outra vez Werner não deu sorte na finalização e ela passou raspando a trave de Ochoa. O alemão chutou desequilibrado após receber um leve empurrão nas costas.
De tanto insistir, o jovem de 21 anos acabou premiado aos 24 minutos. Em nova linha de passe, ele recebeu sozinho, já sem goleiro, para apenas completar para a rede.Depois disso, o México buscou a todo custo o gol de honra. Depois de várias tentativas, que pararam em Ter Stegen ou no travessão, Marco Fabián conseguiu balançar a rede em um chutaço de fora da área aos 44 minutos.
Mas na ida seguinte ao ataque a Alemanha chegou ao quarto para completar a festa, com gol de Younes. Com informações da Folhapress. 
Via...Notícias ao Minuto

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários não representam a opinião deste blog.

Muito obrigado. Infonavweb