Publicidade

Postagem em destaque

Senado derruba afastamento de Aécio Neves

O senador do PSDB irá retomar ao mandato © Ueslei Marcelino / Reuters Senado decide por 42 votos a 26 derrubar a decisão do Supremo T...

sábado, 10 de junho de 2017

PM acusado de matar lutador de MMA vai a júri popular

O soldado é acusado de envolvimento no crime que ocorreu em fevereiro de 2014 na frente de uma academia de musculação e artes marciais

© Divulgação / Polícia Civil do RN
O soldado da Polícia Militar Moisés Gonçalo do Nascimento, de 44 anos, acusado de participação no assassinato do lutador de MMA Luiz de França Sousa Trindade irá a júri popular nesta terça-feira (13), no Plenário do Tribunal do Júri, no Fórum Desembargador Miguel Seabra Fagundes, em Natal.

O PM é acusado de envolvimento no crime que ocorreu em fevereiro de 2014 na frente de uma academia de musculação e artes marciais no conjunto Cidade Satélite, onde a vítima dava aulas.
De acordo com o G1, a acusação aponta que Moisés pilotava uma moto e teria ajudado o assassino a fugir. O autor dos disparos seria o tenente da PM Iranildo Félix, negava o crime, e em dezembro de 2015 foi encontrado morto dentro do 5º Batalhão, onde estava preso.
Segundo as investigações, a morte foi motivada por um desentendimento entre o tenente e o lutador durante treinamentos que ambos faziam na academia.
Moisés foi preso no dia 6 de maio de 2014 e depois foi internado no Hospital Psiquiátrico Professor Severiano Lopes (antiga Casa de Saúde Natal), onde permanece até hoje.
A defesa do soldado defende que ele não teve participação no crime. Kátia Nunes, advogada de Moisés, argument ainda um laudo do Instituto Técnico-Científico de Perícia (Itep) declarou que o soldado é semi-imputável, ou seja, parcialmente capaz de responder pelos próprios atos. "Moisés está internado já tem mais de 3 anos em uma instituição psiquiátrica. Neste período, ele já tentou se matar enforcado duas vezes", disse a advogada.
Via...Notícias ao Minuto

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários não representam a opinião deste blog.

Muito obrigado. Infonavweb