Publicidade

sábado, 24 de junho de 2017

Preso, ex-senador dá emprego para Pizzolato conseguir semiaberto

Luiz Estevão divide cela com o ex-diretor do Banco do Brasil no Complexo Penitenciário da Papuda

© DR
O ex-diretor do Banco do Brasil Henrique Pizzolato vai trabalhar como assistente de programação na Rádio OK FM, emissora que pertence ao ex-senador Luiz Estevão. Os dois dividem uma cela no Complexo Penitenciário da Papuda, em Brasília. As informações são do site Metrópoles.

Em 31 de maio, o Supremo Tribunal Federal (STF) autorizou a progressão do regime de Pizzolato, condenado no esquema do mensalão a 12 anos e sete meses de prisão por corrupção passiva, peculato e lavagem de dinheiro.
No emprego, o aposentado do Banco do Brasil vai ganhar salário de R$ 1,8 mil e vai poder deixar o presídio durante o dia. Pizzolato ainda precisa do aval da Vara de Execuções Penais (VEP) do Distrito Federal.
Pizzolato foi um dos personagens principais do escândalo do mensalão. O ex-diretor chegou a fugir para a Itália, antes de ser preso, mas foi extraditado para o país após vários processos na corte italiana.
Via...Notícias ao Minuto

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários não representam a opinião deste blog.
Solicitamos não incluir hiperligações (links) ou qualquer código HTML;
comentários racistas, xenófobos, sexistas, obscenos, homofóbicos.
Muito obrigado. Infonavweb