Publicidade

segunda-feira, 24 de julho de 2017

4 ações da Vitamina C que a tornam fundamental para a pele

Dermatologista e farmacêutica explicam a ação da Vitamina C na pele e qual a concentração ideal para aproveitar todos os benefícios

© DR
Conhecida como uma referência em antioxidante dermocosmético, a Vitamina C é também uma poderosa arma contra as hiperpigmentações, confere efeito imunoprotetor e ação antienvelhecimento. É por conta de todas essas ações que a vitamina é um clássico nas prescrições dermatológicas. Mas, antes de tudo, é melhor entender algumas peculiaridades do ingrediente, como a concentração ideal e a estabilidade.


A dermatologista Dra. Claudia Marçal, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia, explica que a Vitamina C a 20% é a dose mais alta e eficaz encontrada no mercado, além de ser a ideal para ter resultado efetivo de imunoproteção e ação antioxidante na pele. "A concentração a 20% garante multibenefícios, como proteção avançada contra oxidação, prevenção do envelhecimento cutâneo, aumento da firmeza, melhora da uniformidade da pele e ação clareadora. Concentrações maiores ou menores que 20% não conferem a mesma eficácia na aplicação tópica, segundo estudos", explica a dermatologista.

Já a farmacêutica e gerente de desenvolvimento da Under Skin, Silvana Masiero, destaca que a Vitamina C é um ativo encontrado no mercado em várias apresentações. "A Vitamina C pura é o ácido L-Ascórbico, um ativo instável, que oxida facilmente. Já o ingrediente Tetraisopalmitato de Ascorbila, apresenta quatro ésteres protegendo o núcleo, que é a Vitamina C pura", explica. "Esses quatro vetores de cadeia carbônica (e estabilizadores do núcleo) são responsáveis pela afinidade com a camada fosfolipídica da célula da pele, o que garante a absorção, penetração e resultado".
Ao entrar em contato com a pele, o ativo promove todos os benefícios da Vitamina C pura, sendo 10 vezes melhor absorvido que o Ácido L-Ascórbico. O ativo foi utilizado no U.SK Super C Restorative Cream, da coleção U.SK Anti-Aging da Under Skin o produto conta com 20% de concentração da Vitamina C vetorizada e altamente estável em associação à Vitamina E. A gerente de desenvolvimento enfatiza que o produto tem efetividade durante todo o período de uso, porque além de contar com a Vitamina C 20%, altamente estável, o frasco de U.SK Super C Restorative Cream é airless, impedindo a entrada de ar e evitando, ainda, a oxidação do ativo. Quer saber mais sobre as ações da Vitamina C? As especialistas explicam:
Antioxidante Segundo a dermatologista, a potente ação antioxidante da Vitamina C é atribuída à ação SOD-like que neutraliza os radicais livres. "A SOD é uma enzima antioxidante existente em nosso corpo. Com a Vitamina C, adicionalmente, o resultado é uma proteção muito maior contra os radicais livres", destaca. O Tetraisopalmitato de Ascorbila ainda oferece proteção avançada contra a oxidação, ao funcionar como um bloqueio físico ao dano da radiação. "O ativo também promove benefício biológico, com a redução das células queimadas e em mutação. Estudos da Universidade de Yale asseguram que, juntas, as Vitaminas C e E têm efeito benéfico para proteger e evitar a formação de dímeros (mutação) no DNA. Juntos no creme, os dois antioxidantes promovem proteção maior, potencializando a fotoproteção", explica.
Imunoprotetor Como benefício imunoprotetor, U.SK Super C Restorative Cream reduz os mensageiros pró-inflamatórios, estimulados pela exposição aos raios ultravioleta. A Dra. Claudia Marçal analisa que a associação de poderosos antioxidantes como a Vitamina C e E faz com que o dano oxidativo causado pela radiação ultravioleta seja em parte revertido, potencializando a ação de defesa imunológica e de reparo da pele. "Os raios UV juntamente com os agentes químicos promovem, no DNA das células, um dano que leva à expressão da proteína P53 um mecanismo de defesa que, em alta quantidade, gera deficiência em agentes antioxidantes, levando à morte celular com consequente envelhecimento precoce", explica. Teste realizado com o ativo comprovou sua capacidade em proteger e restringir os danos celulares no DNA, ao reduzir a expressão da proteína P53.
Clareamento Outra característica do produto é com relação à potente ação despigmentante do Tetraisopalmitato de Ascorbila, que inibe a atividade da enzima tirosinase, responsável pela síntese de melanina. "Essa enzima atua no processo de formação de melanina, o que origina as manchas (melanose ou melasma). Ao inibir essa atividade, há efeito clareador na pele", destaca a diretora. "Também há uma ação despigmentante complementar, pelo efeito antioxidante, na medida em que o Tetraisopalmitato de Ascorbila e a Vitamina E bloqueiam o efeito da radiação UV já que a fotoexposição gera espécies reativas de oxigênio, que desencadeiam a produção de pigmentos na pele", completa.
Antienvelhecimento Quanto ao benefício antienvelhecimento, a fórmula de U.SK Super C age na firmeza e elasticidade da pele, com dupla ação sobre o colágeno: promovendo sua síntese e impedindo a atividade das enzimas de degradação. "Ao inibir as enzimas MMP-2 e da MMP-9 (responsáveis pela destruição das fibras de ancoragem e sustentação da pele), o Tetraisopalmitato de Ascorbila age prevenindo o envelhecimento cutâneo. Além disso, o ativo promove a formação de colágeno na pele, uma vez que é cofator dessa síntese, com resultados superiores ao da Vitamina C pura", explica. "Em outras palavras, produzindo mais colágeno e inibindo a sua degradação, a pele apresenta mais firmeza e melhora da elasticidade."
Sinergia A dermatologista explica, ainda, que a sinergia das duas vitaminas ajuda nesse processo. "A Vitamina E também oferece benefício antienvelhecimento pela sua ação antioxidante, imunoprotetora e hidratante (com perfil emoliente), além de efeito calmante e suavizante. Por isso, é muito utilizada em produtos pós-sol, ajudando a proteger do estresse ambiental e diminuindo o eritema e a sensibilidade da pele", completa a dermatologista.
Indicações O uso dos produtos antioxidantes deve ser feito durante todas as estações do ano para neutralizar, de maneira imediata, os radicais livres causados pela fotoexposição. A indicação é para todos os fototipos e tipos de pele (inclusive a oleosa). "Apesar de ser uma fórmula antienvelhecimento, também é indicado para as peles jovens, como prevenção do fotodano", indica a Dra. Claudia Marçal. U.SK Super C Restorative Cream pode ser usado pela manhã (antes do filtro solar - reforçando a proteção UVA e UVB) e à noite, conforme prescrição médica. "O produto é um importante reforço no controle do melasma e, por ter efeito calmante, pode ser usado para balancear e dar equilíbrio à pele tratada com ácidos e retinóides, que têm ação agressiva para a pele", enfatiza.
Via...Notícias ao Minuto

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários não representam a opinião deste blog.
Solicitamos não incluir hiperligações (links) ou qualquer código HTML;
comentários racistas, xenófobos, sexistas, obscenos, homofóbicos.
Muito obrigado. Infonavweb