Publicidade

domingo, 2 de julho de 2017

Advogados de Temer, Lula, Dilma e Aécio se unem em manifesto

Profissionais que atuam na defesa dos políticos pretendem lançar documento para questionar a ação da Justiça e do Ministério Público, diz jornal

© Reuters
Os advogados que atuam na defesa do presidente Michel Temer, do senador Aécio Neves (PSDB-MG) e dos ex-presidentes Dilma Rousseff e Luiz Inácio Lula da Silva estão elaborando um manifesto que pretende questionar ações da Justiça e do Ministério Público.

As informações são da coluna Painel, do site do jornal Folha de S. Paulo, deste domingo (2).
De acordo com o jornal, os advogados debatem por meio de um grupo de WhatsApp. No texto, os criminalistas devem defender o fim do que chamam de “Estado de exceção” e a “retomada do protagonismo da advocacia”.
Entre os integrantes do grupo, estariam Alberto Toron, advogado de Aécio Neves e Dilma Rousseff, Cristiano Zanin, defensor de Lula, e Antonio Mariz de Oliveira, de Temer.
O estopim para a elaboração do manifesto teria sido a delação dos empresários Joesley e Wesley Batista, do grupo JBS. Os benefícios concedidos pelo MP ao irmãos vem sendo questionado no meio jurídico.
Via;;;Notícias ao Minuto

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários não representam a opinião deste blog.
Solicitamos não incluir hiperligações (links) ou qualquer código HTML;
comentários racistas, xenófobos, sexistas, obscenos, homofóbicos.
Muito obrigado. Infonavweb