Publicidade

Postagem em destaque

Dia do Sorvete: confira o preparo de 3 receitas refrescantes

Confira três sobremesas rápidas para comemorar a ocasião, que também marca a chegada da Primavera © Pixabay Quem não gosta de tomar u...

sexta-feira, 14 de julho de 2017

Ameaça espacial segue em direção à Terra, dizem cientistas

Estudiosos da Universidade do Arizona advertem sobre novo perigo, que trata-se de um planeta desconhecido

© Reuters
Cientistas da Universidade do Arizona advertem sobre novo perigo – que vem do espaço e que ameaça a futuro do nosso planeta.

Trata-se de um planeta desconhecido que está a caminho da Terra; o impacto entre os dois pode provocar consequências catastróficas.
Uma equipe de cientistas da Universidade do Arizona, chefiada pela pesquisadora Kat Volk, descobriu que a órbita deste corpo celeste do tamanho de Marte se encontra no cinturão de Kuiper e tem inclinação de oito graus. 
À medida que estes objetos tomam se dirigem à Terra, atravessando o cinturão de Kuiper, sua força de gravitação pode atrair asteroides e cometas que circulam a estrela.
Vários teóricos de conspiração consideram que este planeta possa vir a atravessar o Sistema Solar, sendo, assim, responsável por "todo tipo de caos", informa o jornal britânico Express.
Em um vídeo publicado no YouTube, um dos teóricos alerta que este planeta se aproximará da Terra a uma distância perigosíssima, o que "causará devastação e pânico".
Ao descobrir este corpo celeste em junho, Kat Volk, declarou que os resultados do seu estudo levaram à conclusão de que se tratava de uma massa jamais vista anteriormente. 
"Segundo nossos cálculos, algo enorme do tamanho de Marte teria sido necessário para causar deformações que medimos", explicou a cientista, citada pelo portal Space.com. (Sputnik)
Via...Notícias ao Minuto

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários não representam a opinião deste blog.
Solicitamos não incluir hiperligações (links) ou qualquer código HTML;
comentários racistas, xenófobos, sexistas, obscenos, homofóbicos.
Muito obrigado. Infonavweb