Publicidade

Postagem em destaque

Combate ao trabalho escravo sofreu 'retrocesso histórico', avalia CDH

Avaliação foi feita pelo senador Paulo Rocha (PT-PA) © Reuters O governo brasileiro promoveu “um retrocesso histórico” no combate ao ...

sábado, 29 de julho de 2017

Chefe do tráfico da favela Santa Marta é preso após troca de tiros

A troca de tiros ocorre no mesmo dia em que o Rio recebeu reforço na segurança de homens das Forças Armadas

© DR
A Polícia Militar do Rio prendeu, na noite desta sexta-feira (28), um homem suspeito de ser o chefe do tráfico de drogas da favela Santa Marta, em Botafogo, zona sul da cidade.


Duas pessoas foram baleados em intensa troca de tiros que ocorreu por volta das 22h30. Entre os feridos estaria Marco Polo Lipes Lima dos Santos, 32, conhecido como Mãozinha, que supostamente comandava o tráfico na favela, a primeira a ter uma UPP no Rio, instalada em 2008. Ele tem um mandado de prisão em aberto e estaria participando de uma festa em comemoração ao seu aniversário.
Moradores da favela e do entorno, que é majoritariamente residencial, registraram nas redes o momento dos tiros. Segundo a PM, homens da UPP foram atacados durante um patrulhamento, o que desencadeou o conflito.
A troca de tiros ocorre no mesmo dia em que o Rio recebeu reforço na segurança de homens das Forças Armadas, que patrulharam bairros e as principais vias expressas da cidade. Não foi empregado, contudo, efetivo das tropas federais na ação desta sexta-feira (28) na favela.
Os conflitos em área de UPP no Rio passaram a ser rotina. Em grave crise fiscal, o governo tem dificuldade de bancar a estrutura policial. Faltam coletes, munições e até gasolina para as viaturas. Os criminosos aproveitam o momento de fragilidade do Executivo para avançar em territórias antes de domínio estatal.
Há pouco menos de um ano voltaram a ser frequentes confrontos entre polícia e traficante no Santa Marta, favela violenta nos ano 1990 e escolhida pelo governo de Sérgio Cabral como a primeira a receber uma UPP. A favela foi escolhida pelo seu tamanho menor em relação a outras do Rio, ter poucas rotas e fuga e ficar localizada em importante bairro de passagem na zona sul.
A favela foi cenário para o livro "Abusado", escrito pelo jornalista Caco Barcelos, que conta a trajetória do bandido Marcinho VP. Também foi lá que o cantor Michael Jackson gravou o clipe da música "They don't care about us" (Eles não se importam conosco), em 1996. Com informações da Folhapress.
Via...Notícias ao Minuto

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários não representam a opinião deste blog.

Muito obrigado. Infonavweb