Publicidade

Postagem em destaque

Após semana de calor, temperatura cai e feriado será de chuva em SP

Frente fria, que ainda passa pelo Paraná, já deu indícios de sua aproximação na tarde desta quinta (16), © DR Após uma semana de di...

sábado, 29 de julho de 2017

Congresso Nacional custa R$ 1,1 milhão por hora, diz pesquisa

Dados são da ONG Contas Abertas; presidente da organização critica quantidade de verbas indenizatórias concedidas a parlamentares

© Reuters
Um estudo conduzido pela ONG Contas Abertas concluiu que a Câmara dos Deputados e o Senado custam, em média, 10,1 bilhão por ano. Por hora, o valor é de 1,16 milhão. Para medidas de comparação, o Ministério Público Federal (MPF) destinou aos procuradores da Operação Lava Jato R$ 1 milhão em todo o ano de 2016.

Dados compilados pela Organização das Nações Unidas (ONU) e pela União Interparlamentar (UIP) classificam o Congresso brasileiro como um dos mais caros do mundo, atrás apenas dos Estados Unidos.
Presidente do Contas Abertas, Gil Castello Branco, afirma que o objetivo do levantamento é provocar reflexão sobre os gastos públicos. "É claro que a democracia não tem preço. Ninguém aqui está defendendo fechar o Congresso. Queremos discutir os custos que os parlamentares têm de verbas indenizatórias, a quantidade de assessores", afirmou, em entrevista ao Jornal do Commercio.
"Acho que num momento em que o Brasil está com um déficit fiscal de R$ 139 bilhões para este ano, é indispensável que os três poderes passem um pente fino nas despesas para que posam cortar gorduras", opina Castello Branco.
Em nota, as assessorias da Câmara e do Senado informaram que o aumento orçamentário praticado entre 2015 e 2017 decorreu de reajuste previsto em lei. A Câmara afirmou, ainda, ter revisto contratos de terceirizados, reduzindo essa força de trabalho até o limite legal de 25%.

Via...Notícias ao Minuto

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários não representam a opinião deste blog.

Muito obrigado. Infonavweb