Publicidade

segunda-feira, 10 de julho de 2017

Embaixador da UE diz que carne do Brasil tem problema sanitário

João Cravinho define produto como 'fantástico', mas alerta que país peca na fiscalização

© Divulgação
A carne brasileira é "fantástica". O problema, nas palavas do embaixador da União Europeia (UE) no Brasil, João Cravinho, é o " deficiente sistema de controle sanitário" do país. Ponto que fez, inclusive, com a UE exigisse, formalmente, ao Ministério da Agricultura, há menos de um mês, mais rigor na fiscalização. O documento é assinado pelo comissário de Saúde do bloco, Vytenis Andriukaitis.

Cerca de US$ 2,5 bilhões foram exportados pelo Brasil para o bloco em carnes de vaca, frango e derivados, em 2016. Em entrevista ao GLOBO, Cravinho explicou que os países da Europa não estão preocupados com o esquema de corrupção exposto na Operação Carne Fraca, que teve repercussão mundial. Mais importante é resolver as falhas identificadas pela Polícia Federal, que, segundo analisa, ficaram sem correção.
"Neste momento, não temos qualquer impedimento da carne brasileira no mercado europeu. Ou melhor, impedimos a carne de cavalo, que era uma parcela pequena das exportações para a Europa, e a suína, que nunca foi autorizada. A bovina não foi afetada na inspeção. Em relação à carne de frango, havia não só deficiências no controle sanitário como irregularidades na fronteira. Portanto, colocou-se a exigência de um certificado de controle sanitário no momento da saída do produto no Brasil", detalhou a O Globo.
Cravinho ressaltou que, enquanto o Brasil arruma a casa, a União Europeia não apenas deve assinar o acordo de livre comércio entre Mercosul até dezembro e, ainda nesta semana, firmar contrato com o Japão. O bloco também elabora tratados de livre comércio com Austrália, Nova Zelândia e Cingapura.
Via...Notícias ao Minuto

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários não representam a opinião deste blog.
Solicitamos não incluir hiperligações (links) ou qualquer código HTML;
comentários racistas, xenófobos, sexistas, obscenos, homofóbicos.
Muito obrigado. Infonavweb