Publicidade

sexta-feira, 21 de julho de 2017

Estado do Rio de Janeiro tem 90 policiais mortos em 2017

Nesta sexta-feira (21), o soldado Fabiano de Brito e Silva, de 35 anos, foi interceptado por assaltantes e acabou morto a tiros

© Reprodução
O Estado do Rio de Janeiro chegou à marca de 90 policiais assassinados desde o início de 2017.

Nesta sexta-feira (21), o soldado Fabiano de Brito e Silva, de 35 anos, foi interceptado por assaltantes na Rua Clara de Araújo, no bairro Jardim Tropical, em Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense. Ele teria reagido ao assalto e foi morto a tiros.

"Trabalhei com ele durante anos e ele amava o que fazia. Ele recusou convite para trabalhar em outra coisa", contou o PM que não quis se identificar.
"A gente não tem segurança. Essa é a realidade que estamos vivendo. Hoje, um policial no Rio está sendo caçado. Mataram um trabalhador com três filhos. Quem vai cuidar dessas crianças agora", questionou o amigo do policial morto.
Em nota, segundo informações do Extra, a assessoria de imprensa da PM informou que o soldado Brito estava na corporação havia três anos.
"Segundo informações do 20ºBPM (Mesquita), no início da manhã desta sexta-feira (21/07), policial militar trafegava em seu veículo por via do bairro Vila Iracema, em Nova Iguaçu, quando foi abordado por homens armados em uma motocicleta, houve confronto no local e o policial ficou ferido. Ele foi socorrido ao Hospital Geral de Nova Iguaçu, mas não resistiu aos ferimentos e morreu. O Soldado Fabiano de Brito e Silva tinha 35 anos e estava desde 2014 na Corporação. Não há confirmação sobre o local e horário do sepultamento".
Via...Notícias ao Minuto

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários não representam a opinião deste blog.
Solicitamos não incluir hiperligações (links) ou qualquer código HTML;
comentários racistas, xenófobos, sexistas, obscenos, homofóbicos.
Muito obrigado. Infonavweb