Publicidade

terça-feira, 18 de julho de 2017

Gerente que sentou no chão para atender cliente diz: 'corriqueiro'

Luís Cláudio de Souza, de 51 anos, emocionou pela atenção que dispensou ao cliente portador de deficiência

© Facebook
O ato de um gerente de uma agência da Caixa Econômica Federal (CEF), no Rio de Janeiro, chamou a atenção e comove nas redes sociais, nesta terça-feira (18), três dias após a publicação. Ao atender um cliente portador de deficiência, Luís Cláudio de Souza, de 51 anos, resolveu se sentar no chão para atendê-lo.



"Esta semana em uma ida a Caixa Econômica da Av.Amaral Peixoto, fiquei encantada ao ver a forma de tratamento de um funcionário do banco a um senhor com problema físico, que precisou de um atendimento. O gerente Luís Cláudio, gentilmente foi até o cliente e de igual para igual, o atendeu sentando no chão com uma alegria visível em poder ajudar aquele senhor. Parabéns!!! Por mais pessoas assim...", relatou a cliente Isabel Paiva, em postagem que tem mais de 24 mil curtidas e quase sete mil compartilhamentos.
Procurado pelo O Globo, Luís Cláudio se declarou surpreso com a repercussão do atendimento , já que não foi a primeira vez em que atendeu "Seu José".
"A gente faz isso todo dia. Me porto como o cliente precisa. Seu José é um ser humano incrível. Já o atendi outras vezes. Ele veio cadastrar uma senha e uma outra cliente depois me contou que tinha feito a foto. Nem sabia que ia postar e dar essa repercussão toda", explicou.
Sobre o que o motivou sentar ao lado do cliente, ele explica: "Acho que a gente não é melhor que ninguém. Eu precisava sentar para atendê-lo bem. Faz parte da minha obrigação. É também uma necessidade. Eu não me sentiria bem atendendo ele de pé e ele seria mal atendido. Me espantei muito com tudo isso porque era um atendimento corriqueiro, normal. Mas fico feliz com o reconhecimento", contou.


Via...Notícias ao Minuto

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários não representam a opinião deste blog.
Solicitamos não incluir hiperligações (links) ou qualquer código HTML;
comentários racistas, xenófobos, sexistas, obscenos, homofóbicos.
Muito obrigado. Infonavweb