Publicidade

Postagem em destaque

Brasileiras vão aos EUA para ter bebê e garantir cidadania aos filhos

Pela legislação local, qualquer um que nasça lá recebe a cidadania automaticamente, com todos os direitos e deveres © iStock Mulheres...

sexta-feira, 7 de julho de 2017

Homem armado que invadiu filmagens da TV Globo é preso

Em 27 de junho, criminosos invadiram o terreno onde estava instalado um set de filmangens da TV Globo

© Divulgação / Polícia Civil do Rio de Janeiro
Um homem que trocou tiros com policiais militares e invadiu o set de filmange da minissérie 'Os Dias Eram Assim', da TV Globo, foi preso nessa quinta-feira (6) por policiais da 33ª DP (Realengo), em Anchieta.


Diogo de Paula Jordão foi preso preventivamente, segundo o mandado expedido pela 2ª Vara Criminal de Bangu, pelo crime de roubo majorado com emprego de arma de fogo e concurso de agentes, resistência qualificada e disparo de arma de fogo.
De acordo com a delegada titular, Márcia Lopes, na tarde do dia de 27 de junho do corrente, policiais militares em perseguição a um veículo VW/Gol vermelho, trocaram tiros com criminosos que fugiram da atuação policial, na Avenida Brasil.
Os criminosos foram perseguidos de Realengo até a altura da Vila Militar, onde abandonaram o veículo e atiraram contra os policiais. Na fuga, os criminosos invadiram o terreno onde estava instalado um set de filmagens da minissérie “Os Dias Eram Assim”, da TV Globo, interrompendo as gravações.
A polícia identificou que o veículo abandonado pelos criminosos tratava-se de um “clone”, com vidros, chassis e placa adulterados, constatando ser produto de roubo na área da 30ª DP, no mês de junho.
Em seu interior, foram arrecadados um simulacro de arma de fogo, objetos pessoais de possíveis vítimas de roubo e que os objetos pertenciam a um casal, vítima de roubo a transeunte, na noite anterior, naquela região, com a utilização do mesmo veículo roubado.
Segundo Márcia Lopes, foi realizada a perícia, na qual foram constatadas as digitais de três pessoas, sendo que duas delas eram dos próprios policiais militares envolvidos na ocorrência e outra de Diogo, contra o qual havia condenação por roubo e cujas características físicas coincidiam com as fornecidas pelas vítimas do roubo e pelos policiais militares.
As duas vítimas reconheceram Diogo como o autor do roubo que sofreram no mês passado e os policiais militares também o reconheceram como o homem que desembarcou do veículo roubado e efetuou disparos contra a guarnição da PM. As informações são da Polícia Civil do Rio de Janeiro.
Via...Notícias ao Minuto

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários não representam a opinião deste blog.

Muito obrigado. Infonavweb