Publicidade

sábado, 1 de julho de 2017

Ingresso de transgêneros nas Forças Armadas dos EUA é adiado

Atualmente, há entre 2.500 e 7.000 transgêneros entre os 1,3 milhão de militares na ativa dos EUA

© Divulgação
O Pentágono informou que o ingresso de recrutas transgêneros nas Forças Armadas dos EUA foi adiado por seis meses.


"Os serviços revisarão os planos de acesso e avaliarão o impacto da integração de pessoas transgênero na preparação e letalidade de nossas forças", afirmou o porta-voz do Pentágono, Dana White, informou a Folha de S.Paulo.
Atualmente, há entre 2.500 e 7.000 transgêneros entre os 1,3 milhão de militares na ativa dos EUA, gente que declarou sua orientação sexual após a entrada em serviço, segundo estimativas do departamento de Defesa.
De acordo com a porta-voz do Pentágono, ainda não há havia unanimidade nas Forças Armadas - Exército, Força Aérea, Marinha e Fuzileiros Navais - sobre o calendário do ingresso dos transgêneros.
"Os diferentes serviços apresentaram posturas diferentes. Alguns pediram mais tempo", concluiu.
Via...Notícias ao Minuto

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários não representam a opinião deste blog.
Solicitamos não incluir hiperligações (links) ou qualquer código HTML;
comentários racistas, xenófobos, sexistas, obscenos, homofóbicos.
Muito obrigado. Infonavweb