Publicidade

quarta-feira, 12 de julho de 2017

Justiça autoriza prisão domiciliar para Geddel Vieira Lima

Ex-ministro deve deixar o Complexo Penitenciário da Papuda, em Brasília, até quinta-feira (13)

© Ueslei Marcelino / Reuters
O desembargador Ney Bello, do Tribunal Regional Federal de Brasília Ney, autorizou prisão domiciliar para ex-ministro Geddel Vieira Lima nesta quarta-feira (12).

As informações são da coluna Radar On-Line, do site da revista Veja.
Após a decisão, o ex-ministro deve deixar o Complexo Penitenciário da Papuda, em Brasília, até quinta-feira (13).
“O fato do processo penal não poder se prestar à ineficácia e à morosidade não autoriza a Justiça a trabalhar por ficção”, defendeu o desembargador na decisão. “Ofende a língua portuguesa decretar prisão “preventiva” por atos de 2012 a 2015″, concluiu.
Via...Notícias ao Minuto

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários não representam a opinião deste blog.
Solicitamos não incluir hiperligações (links) ou qualquer código HTML;
comentários racistas, xenófobos, sexistas, obscenos, homofóbicos.
Muito obrigado. Infonavweb