Publicidade

Postagem em destaque

Homicídios no Brasil mataram mais do que guerras na Síria e Iraque

Segundo dados do Datasus, 786.870 pessoas foram assassinadas no Brasil entre janeiro de 2001 e dezembro de 2015 © Reuters Os assassin...

sábado, 29 de julho de 2017

Ministro repassa R$ 3,7 milhões para cidades geridas por familiares

Municípios governados por parentes do ministro do Turismo foram os maiores beneficiados

© Divulgação
O Ministério do Turismo fez repasses voluntários milionários as Estado de Alagoas em 2017. De um total de R$ 84,6 milhões distribuídos para governos e prefeituras entre janeiro e julho deste ano, R$ 11,3 milhões foram para cidades alagoanas.

Marx Beltrão (PMDB-AL), aliado do senador Renan Calheiros (PMDB) e do governador de Alagoas, Renan Filho (PMDB), é quem comanda a pasta.
A reportagem da Folha de S. Paulo destaca que, entre as cidades que mais receberam recursos, estão municípios governados por parentes do ministro. Juntas, as cidades alagoanas de Penedo, Coruripe, Feliz Deserto e Jequiá da Praia receberam R$ 3,7 milhões em verbas. Segundo a Folha, o valor é maior do que o repassado para 18 Estados, incluindo polos turísticos como Rio e Pernambuco.
No entanto, o Ministério do Turismo diz que o repasse para os municípios é resultado do cumprimento de emendas parlamentares. Alagoas tem nove deputados e três senadores.
A cidade de Penedo (AL) é governada por um primo do ministro, Marcius Beltrão (PDT). O município recebeu este ano R$ 1,4 milhão em convênios, mais do que a cidade de São Paulo, que obteve apenas R$ 973 mil para a reforma do Complexo Anhembi.
As verbas foram destinadas para reforma da orla da cidade, às margens do rio São Francisco, pavimentação de ruas e construção de um centro de convenções.
A cidade de Feliz Deserto (AL), também comandada por uma tia do ministro, Rosiana Beltrão (PMDB), obteve R$ 1,1 milhão para a reforma de uma praça e pavimentação de ruas. A cidade possui pouco mais de 5 mil habitantes.
Joaquim Beltrão (PMDB) é o administrador de Coruripe (AL), e a cidade também foi privilegiada. De acordo com a reportagem, Coruripe recebeu R$ 830 mil para pavimentação de ruas. Jequiá da Praia (AL), município com 12 mil habitantes gerida pela irmã do ministro, Jeannyne Beltrão (PTB), recebeu R$ 390 mil.
As quatro cidades ficam no litoral sul de Alagoas, região onde a família do ministro elegeu cinco prefeitos nas eleições municipais do ano passado sob o comando do deputado estadual João Beltrão (PRTB), pai do ministro e principal líder político da região.
OUTRO LADO
O Ministério do Turismo afirmou que a maioria dos repasses voluntários realizados para Estados e municípios é resultado de emendas parlamentares de deputados e senadores.
Em nota, a pasta explica que, no caso dos pagamentos feitos para cidades de Alagoas em 2017, R$ 9,75 milhões dos R$ 11,3 milhões –cerca de 86%– são de emendas.
No entanto, a Folha destaca que, dos convênios firmados com as quatro cidades governadas pela família Beltrão, pelo menos três são oriundos de emendas de aliados do ministro, caso da deputada Rosinha da Adefal (PTdoB), que ganhou a vaga na Câmara com a ida de Marx ao ministério.
A resposta do ministério afirma que as emendas tinham liberação impositiva "em diversos casos", mas não especificou em quais o repasse foi obrigatório.
Em relação aos repasses feitos aos municípios de Penedo, Feliz Deserto, Jequiá da Praia e Coruripe, todos governados por parentes do ministro Marx Beltrão, o ministério afirmou que 80% deles são oriundos de emendas.
Via...Notícias ao Minuto

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários não representam a opinião deste blog.

Muito obrigado. Infonavweb