Publicidade

Postagem em destaque

Cratera aparece em fazenda no interior de MG e intriga moradores

Pesquisadores acreditam que se trate de uma dolina, formada pelo desabamento de grutas subterrâneas © Prefeitura de Coromandel / Divulga...

quarta-feira, 12 de julho de 2017

ONU descobre 38 valas comuns na República Democrática do Congo

Casos confirmadas as valas, sobe para ao menos 80 o número dos túmulos identificados desde o início dos embates

© Folhapress
A ONU anunciou nesta quarta-feira (12) a descoberta de 38 prováveis valas comuns na região de Kasai, na República Democrática do Congo, onde conflito entre milícias já deixou milhares de mortos e deslocados desde agosto de 2016.

Casos confirmadas as valas, sobe para ao menos 80 o número dos túmulos identificados desde o início dos embates.
Mais de 3.300 pessoas foram mortas e 1.4 milhão forçadas a fugir desde que o presidente Joseph Kabila sinalizou que se recusaria a deixar o cargo no fim de seu mandato constitucional, em dezembro de 2016, acirrando a tensão dentro do país. O estopim do conflito aconteceu quando o exército congolês lançou uma ofensiva militar contra a milícia Kamuina Nsapu, que contesta o governo.
De acordo com um porta-voz da missão de paz da ONU na República Democrática do Congo, as valas foram identificadas em seis locais diferentes durante uma missão na semana passada.
O governo da República Democrática do Congo diz que os túmulos são resultados das ações da milícia Kamuina Nsapu, que quer a retirada de forças militares da região. Em março, no entanto, fontes da agência de notícias Reuters afirmaram terem visto caminhões do exército despejando corpos nas valas.
A ONU tem alertado repetidamente que tropas do país têm feito o uso excessivo da força. O governo nega. Com informações da Folhapress.
Via...Notícias ao Minuto

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários não representam a opinião deste blog.

Muito obrigado. Infonavweb