Publicidade

Postagem em destaque

Anticorpo 'três em um' protege macacos contra HIV, aponta estudo

Pesquisa apresenta resultados satisfatórios e será testada em humanos © iStock Um estudo realizado em uma parceria entre o laboratório S...

domingo, 16 de julho de 2017

Popularidade de Trump cai a 36%, diz pesquisa

Em 20 de abril, aprovação era de 42%

© Folhapress
Em seis meses de governo, a popularidade do presidente Donald Trump se deteriorou ainda mais desde abril com a percepção dos americanos de que a liderança dos Estados Unidos no mundo se enfraqueceu e uma agenda interna negativa.

Pesquisa realizada pela rede "ABC News" e o jornal "Washington Post" mostrou que apenas 36% dos americanos aprovam o trabalho Trump à frente da Casa Branca. Em 20 de abril, ele era aprovado por 42%.

A desaprovação do republicano cresceu cinco pontos desde abril e hoje atinge 52%, sendo que 48% se disseram muito insatisfeitos, índice nunca atingido por ex-presidentes como Bill Clinton e Barack Obama. Somente George W. Bush chegou a esse patamar em seu segundo mandato.
De acordo com o levantamento, 48% dos americanos acham que a liderança do país no mundo se enfraqueceu desde que Trump assumiu e 27% disseram que ela está mais forte.
Apesar de sua campanha ter batido na tecla de que ele era um bom negociante e fecharia acordos vantajosos para o país, a maioria da população agora diz não confiar nele quando lida com líderes estrangeiros, em particular o presidente russo Vladimir Putin.
Agora, 60% acham que a Rússia influenciou a campanha presidencial que o elegeu (antes eram 56%).
A polêmica envolvendo Putin e a Rússia ganhou novo capítulo há cerca de dez dias, quando o jornal "The New York Times" revelou encontro do filho mais velho do presidente, Donald Trump Jr., com uma advogada russa com conexões com o Kremlin.
A pesquisa foi realizada entre 10 e 13 de julho com 1.001 adultos e tem margem de erro de 3,5 pontos percentuais para mais ou para menos. Com informações da Folhapress.
Via...Notícias ao Minuto

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários não representam a opinião deste blog.
Solicitamos não incluir hiperligações (links) ou qualquer código HTML;
comentários racistas, xenófobos, sexistas, obscenos, homofóbicos.
Muito obrigado. Infonavweb