Publicidade

Postagem em destaque

Criptomoedas estão sendo usadas em esquemas de pirâmide, diz promotor

"Moedas virtuais do jeito que estão hoje com essa subida vertiginosa, onde não há lastro, não há ninguém para regular", diz espec...

quarta-feira, 26 de julho de 2017

Rombo nas contas públicas no semestre é o pior em 20 anos

No mesmo período, despesas do governo com pessoal aumentaram 11%

© DR
Os gastos do governo com folha de pagamentos e encargos cresceram 11,3% neste ano, em relação ao mesmo período do ano passado.

As despesas totais do governo federal tiveram um aumento menor: apenas 0,5%.
Para conter despesas, o governo federal vai lançar um programa de demissão voluntária para servidores e pretende ainda estimular que funcionários reduzam a jornada de trabalho, aceitando receber menos.
O dado é parte do resultado do Tesouro Nacional, divulgado nesta quarta (26).
O deficit do governo federal alcançou R$ 182,8 bilhões nos 12 meses encerrados em junho, distanciando-se ainda mais da meta estipulada para o ano, de R$ 139 bilhões.
O resultado equivale a 2,83% do PIB. Em maio, o deficit estava em R$ 167 bilhões. Segundo o Tesouro Nacional, o deficit no mês de junho foi de R$ 19,79 bilhões, pior número da série histórica iniciada em 1997.
No primeiro semestre, o deficit é 48% superior ao registrado no mesmo período do ano passado, e soma R$ 56 bilhões - também o pior resultado para o período da série histórica. 
Em junho, assim como ocorreu em maio, o governo fez pagamentos de sentenças judiciais que aumentaram as despesas em maio e em junho. Nos dois meses, o governo pagou R$ 20,3 bilhões. No ano passado, essas obrigações foram pagas em novembro.
No primeiro semestre, a receita total do governo caiu 1,2% ante o mesmo período do ano passado. Com informações da Folhapress.
Via...Notícias ao Minuto

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários não representam a opinião deste blog.

Muito obrigado. Infonavweb