Publicidade

Postagem em destaque

Piloto sobrevive a acidente impressionante a 482 km/h; assista

Batida aconteceu durante corrida de arrancadas nos EUA © Reprodução O piloto Steve Torrence conseguiu sobreviver a um dos acidentes...

sábado, 1 de julho de 2017

Sérgio Cabral tinha regalias quando estava preso no Bangu 8

A TV Globo divulgou imagens que mostram que o ex-governador do Rio recebia visitas fora de hora, na sala da direção do presídio

© Reprodução / TV Globo
O ex-governador do Rio de Janeiro Sérgio Cabral estava preso no Bangu 8 e recebia regalias mesmo dentro da prisão. De acordo com reportagens exibidas no RJTV e no Jornal Nacional, da TV Globo, os detentos circulam livremente no presídio, recebem visitas em qualquer horário e ainda podem receber encomendas. Sérgio Cabral era um dos beneficiados.

A reportagem exibiu imagens de um preso recebendo um produto diretamente no portão do presídio. As gravações também mostram que o presídio fechado funcionava como uma unidade semi-aberta, onde os presos circulavam livremente mesmo fora dos horários de visita e de banhos de sol.
O juiz Guilherme Schilling, da Vara de Execuções Penais do Rio, determinou em março deste ano a apreensão das imagens do circuito de segurança de Bangu 8. A intenção era saber se existiam câmeras desligadas, ou que não filmavam os lugares certos.
As imagens das câmeras de segurança mostram também que Cabral recebia visitas fora de hora, na sala da direção do presídio. Além disso, os encontros com os advogados fugiam do padrão, pois Cabral conversava com a defesa no hall de entrada do presídio e não no parlatório, onde deveria ser.
As conversas entre advogados e clientes aconteciam em um ponto fora do alcance das câmeras e as notícias de fora da prisão eram repassadas rapidamente ao ex-governador.
 Sérgio Cabral foi preso em 2016 na Operação Lava Jato, ele já se tornou réu dez vezes e foi condenado a 14 anos e dois meses de prisão, em um dos processos.
Via...Notícias ao Minuto

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários não representam a opinião deste blog.

Muito obrigado. Infonavweb