Publicidade

Postagem em destaque

Senado derruba afastamento de Aécio Neves

O senador do PSDB irá retomar ao mandato © Ueslei Marcelino / Reuters Senado decide por 42 votos a 26 derrubar a decisão do Supremo T...

sábado, 1 de julho de 2017

Três meses após Carne Fraca, 51 países mantêm restrições à importação

"A expectativa de ampliar a participação vai para o saco, porque é muito difícil exportar a mesma coisa que foi no ano passado", disse o analista da MB Agro Cesar de Castro

© Reuters
Um levantamento feito pelo Ministério da Agricultura revela que ao menos 51 países, além da União Europeia (UE), ainda mantêm restrições à importação da carne brasileira. Nove países bloqueiam totalmente as importações. O resultado ocorre três meses após a Polícia Federal iniciar a Operação Carne Fraca.

Segundo o levantamento, informa o Globo, outros 20 países aceitaram as medidas anunciadas pelo Brasil e abriram seus mercados.
Com a credibilidade arranhada por sucessivas crises desde o início da operação — que investiga supostas fraudes na liberação de licenças e fiscalização irregular de frigoríficos —, o principal foco dos problemas está no mercado de carne bovina. Empresas exportadoras e pecuaristas tentam reconquistar a confiança dos compradores internacionais.
De acordo com a publicação, o Brasil pretendia chegar a 10% de participação mundial do mercado de carnes (hoje, esse número é 7%) e buscava alcançar e ampliar a presença principalmente nos mercados de Japão, México e Coreia do Sul. Agora, o país administra crises, trabalha para reconstruir sua credibilidade e não perder compradores.
"A expectativa de ampliar a participação vai para o saco, porque é muito difícil exportar a mesma coisa que foi no ano passado", disse o analista da MB Agro Cesar de Castro.
Via...Notícias ao Minuto

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários não representam a opinião deste blog.

Muito obrigado. Infonavweb