Publicidade

quinta-feira, 13 de julho de 2017

Veja o retrato falado dos suspeitos de atropelar grávida no Rio

Após exames, foi constatado que a mulher havia perdido o bebê

© DIVULGAÇÃO
A Polícia Civil revelou o retrato falado dos dois suspeitos de atropelar a empresária Flávia Ahrends, de 40 anos, em Higienópolis, Zona Norte do Rio. O crime ocorreu na madrugada de sexta-feira (7).

Segundo informações do Extra, a vítima estava grávida de três meses quando foi derrubada no chão pelo carro dos criminosos. Após exames, foi constatado que a mulher havia perdido o bebê. Os retratos falados foram feitos com base no depoimento da própria vítima.

O delegado responsábel pela investigação, Wellington Vieira, pediu que a população ajude na captura dos suspeitos ligando para o Disque-Denúncia (2253-1177). Segundo Wellington, os criminosos vão responder na Justiça pelo aborto da criança.
Eles vão responder pelo aborto. Há previsão no Código Penal de crime de roubo aumentado por morte ou lesão corporal grave durante ou após (o roubo). O aborto é considerado uma lesão corporal grave", ressaltou Vieira.
O marido da vítima, que também estava no momento do crime, disse que um dos criminosos saiu do veículo e tentou esfaqueá-lo.
"Em momento nenhum eu fiz alguma ação para reagir, pelo contrário. Eu falei que perdi, que ia entregar os meus pertences. Aí ele tentou me dar uma facada na barriga, mas eu coloquei o braço", conta Eduardo Baptista.
"Eu joguei meu telefone para o bandido e ele entrou no carro, mas o motorista continuou abordando a minha esposa, pedindo para ela entregar a bolsa e falando que ia matá-la".
Eduardo garante que não tentou resistir ao assalto porque estava com a família.
"Eles vieram para matar, não só para roubar. Vieram para destruir uma família, como tantas outras", desabafou.



Via...Notícias ao Minuto

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários não representam a opinião deste blog.
Solicitamos não incluir hiperligações (links) ou qualquer código HTML;
comentários racistas, xenófobos, sexistas, obscenos, homofóbicos.
Muito obrigado. Infonavweb