Publicidade

Postagem em destaque

Combate ao trabalho escravo sofreu 'retrocesso histórico', avalia CDH

Avaliação foi feita pelo senador Paulo Rocha (PT-PA) © Reuters O governo brasileiro promoveu “um retrocesso histórico” no combate ao ...

segunda-feira, 7 de agosto de 2017

Caixa lançará linha de crédito de R$ 1,5 bi para setor imobiliário

"Estamos trabalhando isso. O presidente anuncia essa medida amanhã [terça] em São Paulo, e espero demanda grande", disse Gilberto Occhi, presidente da Caixa Econômica Federal

© DR
O presidente da Caixa Econômica, Gilberto Occhi, afirmou que o banco anuncia nesta terça-feira (8), em evento com o presidente Michel Temer em São Paulo, uma linha de R$ 1,5 bilhão para financiar empresas do setor imobiliário interessadas na construção de lotes urbanizados.

"Estamos trabalhando isso. O presidente anuncia essa medida amanhã [terça] em São Paulo, e espero demanda grande. Ajuda no crescimento da economia e na geração de novos empregos", afirmou durante a divulgação do balanço dos saques das contas inativas do FGTS. "A ideia é financiar a produção, a construção dos lotes, incluindo infraestrutura, como água e pavimentação", explicou.
Segundo Occhi, a liberação dos saques do Fundo permitiu um crescimento de 27% no financiamento imobiliário do banco entre o primeiro semestre deste ano e o mesmo período do ano passado.
CAIXA SEGURIDADE
O presidente da Caixa negou a possibilidade levantada recentemente pelo ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, de privatização da Caixa Seguridade ainda no segundo semestre deste ano, o que levantaria recursos para ajudar no cumprimento da meta fiscal deste ano, de um deficit de R$ 139 bilhões.
"Não há nenhuma expectativa de IPO [oferta pública inicial de ações] da Caixa Seguridade neste ano", disse o executivo.
Sobre a privatização da Lotex, plano que também poderia ajudar nas contas públicas, Occhi declarou que há dois projetos já prontos, um de concessão plena e outro de privatização. "Os projetos foram enviados ao Ministério da Fazenda, que tomará a decisão", disse. Com informações da Folhapress.
Via...Notícias ao Minuto

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários não representam a opinião deste blog.

Muito obrigado. Infonavweb