Publicidade

terça-feira, 1 de agosto de 2017

Chupetas e mamadeiras podem prejudicar a amamentação; entenda

Esses itens podem interromper precocemente a amamentação

© iStock
O leite materno é essencial para a saúde da criança e, até os seis primeiros meses de vida, deve ser a única fonte de alimento. Uma amamentação correta previne, por exemplo, uma série de doenças nas mães e nos bebês. E nessa fase, além de ter o apoio da família, a mulher deve tomar mais cuidados, como evitar a introdução de chupetas e mamadeiras. Segunda a enfermeira especialista em aleitamento materno Daniela Moraes Pinto, que trabalha no Hospital Materno Infantil de Brasília, esses itens podem interromper precocemente a amamentação.

Chupetas e mamadeiras não devem ser introduzidas aos bebês que estão em amamentação exclusiva, porque atrapalha a amamentação. Existe uma confusão de bico, porque uma hora o bebê suga o seio da mãe e, em outra hora, ela suga o plástico. Então, esse bebê confunde a forma de sucção, porque para sugar aquele plástico da chupeta ou da mamadeira ele bota a língua para trás e, para sugar o peite da mãe, ele põe a língua pra frente. Então, ele se confunde: uma hora ele suga de uma forma e outra hora ele suga de outra forma. Os bebês se acostumam com a língua errada, vão para o peito com a língua errada da chupeta ou da mamadeira e tiram menos leitos. Dessa forma, eles começam a ficar mais irritado e a mulher começa a produzir menos leite, porque tá tirando menos leite e a mulher pode perder a amamentação.
Essas e outras orientações estarão mais próximas de você durante todo este mês. De primeiro a sete de agosto, mais de 150 países comemoram a Semana Mundial de Aleitamento Materno. Aqui, no Brasil, também é celebrado o “Agosto Dourado”, um mais inteiro dedicado à amamentação. Fique atento aí na sua cidade e, se quiser saber mais, acesse saúde.gov.br/amamentação.
Via...Notícias ao Minuto

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários não representam a opinião deste blog.
Solicitamos não incluir hiperligações (links) ou qualquer código HTML;
comentários racistas, xenófobos, sexistas, obscenos, homofóbicos.
Muito obrigado. Infonavweb