Publicidade

segunda-feira, 7 de agosto de 2017

Dilma lembra Maria da Penha e chama governo Temer de machista

Ex-presidente usou as redes sociais para falar sobre os 11 anos de criação da lei e destacou o que considera "caráter misógino do golpe à democracia de 2016"

© Reuters
A ex-presidente Dilma Rousseff usou as redes sociais para lembrar os 11 anos da Lei Maria da Penha. Além de destacar que o governo do PT, nas gestões dela e do ex-presidente Lula, deu prioridade ao enfrentamento da violência contra as mulheres, ela criticou o governo de Michel Temer, chamando-o de machista.

“O caráter machista do governo golpista está evidente no abandono das políticas para as mulheres. O governo ilegítimo retirou as mulheres do orçamento, abandonou o enfrentamento à violência, cortou os recursos destinados às políticas de fortalecimento econômico e social como o bolsa família, o Minha Casa Minha Vida, o Prouni, a educação e o Mais Médicos. Hoje, uma vez mais, é preciso afirmar o caráter misógino do golpe à democracia de 2016”, afirmou a petista.
A petista também falou sobre as emendas liberadas por Temer, nos dias que antecederam a votação da denúncia contra o presidente, por corrupção passiva, no plenário da Câmara.
“A emenda constitucional que congela investimentos nas áreas sociais por 20 anos e o desperdício do governo ilegítimo com a distribuição de emendas com o objetivo de comprar votos e sair ileso de graves denúncias deixam de fora as prioridades dadas por políticas aprovadas em conferências, virando as costas para quem mais precisa das políticas públicas: mulheres, pobres, negras, indígenas, do campo e da floresta, moradoras das periferias. Mulheres brasileiras trabalhadoras e batalhadoras”, destacou.
Via...Notícias ao Minuto

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários não representam a opinião deste blog.
Solicitamos não incluir hiperligações (links) ou qualquer código HTML;
comentários racistas, xenófobos, sexistas, obscenos, homofóbicos.
Muito obrigado. Infonavweb