Publicidade

Postagem em destaque

Estupros de rohingyas em Myanmar são 'metódicos', diz estudo

Estudo mostrou abusos contra mulheres e crianças © REUTERS/Damir Sagolj O Exército do Myanmar utiliza ações "radicais" e ...

quarta-feira, 2 de agosto de 2017

Em meio à crise, secretário de saúde do Rio pede licença médica

Terça-feira foi de protestos contra suposto fechamento de clínicas da família

© Divulgação Fiocruz
Um dia após a divulgação da informação de que 11 clínicas da família podem ser fechadas na cidade, o secretário de Saúde do Rio de Janeiro, Marco Antônio Mattos, pediu afastamento por 10 dias. 


A assessoria do secretário informou ao O Globo que a licença foi pedida para realização de um tratamento médico.

Por conta da hipótese levantada nessa terça, moradores protestaram em frente à algumas clínicas na cidade. Em resposta, o prefeito Marcelo Crivella veio a público afirmar que todas as unidades permanecerão funcionando. A prefeitura, no entanto, afirma que serão realizados cortes, por conta da renegociação dos contratos.
O ex-secretário Daniel Soranz comentou o caso e afirmou que é "burrice cortar equipes de saúde da família".
"É absurdo. (Os cortes) não correspondem a 0,5% do orçamento da prefeitura e este corte significa deixar de arrecadar 150 milhões de reais ano do Ministério da Saúde que financia 50% do programa", afirmou em seu Facebook.
Via...Notícias ao Minuto

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários não representam a opinião deste blog.

Muito obrigado. Infonavweb