Publicidade

quarta-feira, 2 de agosto de 2017

Pentágono: Míssil da Coreia do Norte quase acerta avião da Air France

“Esse míssil voou através do espaço aéreo ocupado usado por aviões comerciais”, disse o porta-voz do Pentágono, o capitão Jeff Davis

© DR
Um avião comercial da companhia francesa Air France por pouco não cruzou o caminho do míssil balístico intercontinental (ICBM, na sigla em inglês) da Coreia do Norte, lançado na última sexta-feira, de acordo com informações da rede norte-americana ABC.

De acordo com informações do Pentágono, o voo 293 com a rota Tóquio-Paris que levava 323 pessoas a bordo passou pelo mar do Japão (também conhecido como mar do Leste) menos de 10 minutos antes do míssil Hwasong-14 cair na região.
A companhia aérea informou que a zona de testes balísticos norte-coreanos “não interfere de forma alguma com as rotas da Air France” e que o voo do Boeing 777 correu “sem problemas”. Entretanto, a informação difere daquela informada pelo Pentágono.
“Esse míssil voou através do espaço aéreo ocupado usado por aviões comerciais”, disse o porta-voz do Pentágono, o capitão Jeff Davis, depois do teste anterior da Coreia do Norte com um ICBM, em 4 de julho.
“O míssil voou para o espaço, caiu na zona econômica exclusiva do Japão, e uma área que é usada por embarcações comerciais e de pesca. Tudo isso completamente descoordenado”, emendou Davis em sua explanação.
Para o ex-chefe do Conselho Nacional de Segurança dos Transportes (NTSB, na sigla em inglês), Mark Rosenker, os testes norte-coreanos “estão criando perigo para o espaço aéreo comercial”.
“Eu não acredito que o controle aéreo teria a capacidade de avisar um avião comercial que um míssil está voando em sua rota”, comentou, em entrevista à rede norte-americana CBS.
Existe a expectativa que Pyongyang conduza novos testes balísticos nas próximas semanas. De acordo com a inteligência dos EUA e da Coreia do Sul, é “provável” que o regime conduza ainda um novo teste nuclear – o que seria o sexto em sua história. Com informações da Sputnik Brasil.
Via...Notícias ao Minuto

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários não representam a opinião deste blog.
Solicitamos não incluir hiperligações (links) ou qualquer código HTML;
comentários racistas, xenófobos, sexistas, obscenos, homofóbicos.
Muito obrigado. Infonavweb