Publicidade

Postagem em destaque

Combate ao trabalho escravo sofreu 'retrocesso histórico', avalia CDH

Avaliação foi feita pelo senador Paulo Rocha (PT-PA) © Reuters O governo brasileiro promoveu “um retrocesso histórico” no combate ao ...

sexta-feira, 4 de agosto de 2017

Surto de doenças de pele chega a penitenciária feminina no DF

Cerca de 2,6 mil detentos estão afetados em todo o Distrito Federal

© iStock
Após atingir cerca de 2,6 mil detentos do sistema prisional do Distrito Federal, o surto de doenças de pele chegou à Penitenciária Feminina (PFDF) conhecida como Colmeia. Segundo o portal Metrópoles, uma detenta apresentou sintomas e foi isolada com o objetivo de se tentar conter uma epidemia interna.

De acordo com a Secretaria Pública e da Paz Social (SSP), são quatro as doenças detectadas até o momento: escabiose (sarna), tinea (erupção cutânea), pitiríase (manchas e coceiras) e furunculose (furúnculo).
A detenta do afetada chegou à Colmeia na semana passada e ainda não se sabe se ela adquiriu a doença no complexo. A SSP informou ao Metrópoles que os presidiários estão "sendo tratados com uso de antibiótico".
Via...Notícias ao Minuto

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários não representam a opinião deste blog.

Muito obrigado. Infonavweb