Publicidade

domingo, 13 de agosto de 2017

Universitário morre ao tentar gravar vídeo

Morte de Simon Almeida, de 19 anos, será investigada pela polícia

© Facebook 
Um terrível desfecho para uma "moda" perigosa. Simon Almeida, de 19 anos, morreu ao tentar gravar um vídeo, na última quinta-feira (10), em Jaboticabal, São Paulo. O estudante da Universidade Paulista (Unip) era passageiro de um Corsa e, ao colocar parte do corpo para fora, para fazer o registro, foi atingido por uma árvore. 

O acidente será investigado, a partir desta semana, e a amiga de Simon, que dirigia o carro, pode responder por homicídio culposo - quando não há intenção de matar. Um terceiro ocupante do veículo não ficou ferido. 

Conforme a Polícia Civil de Jaboticabal, o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionado, mas Simon não resistiu aos ferimentos.

Em entrevista ao UOL, uma outra amiga de Simon o descreveu como "um anjo de luz" e admitiu que o jovem adorava câmeras. O sepultamento ocorreu em Monte Alto, cidade onde ele nasceu.

Via...Notícias ao Minuto

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários não representam a opinião deste blog.
Solicitamos não incluir hiperligações (links) ou qualquer código HTML;
comentários racistas, xenófobos, sexistas, obscenos, homofóbicos.
Muito obrigado. Infonavweb